0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

Decifrar as etiquetas das tintas para o cabelo

Quando vai ao supermercado para comprar tinta para o cabelo, é logo bombardeada com tanta escolha nas prateleiras. Marcas, tipos de tinta, tonalidades… Nem sempre é evidente saber por qual optar! Para evitar surpresas desagradáveis, siga os conselhos dos entendidos na matéria.

O seu primeiro reflexo: escolher em função da cor de cabelo apresentada pela menina da embalagem. Saiba que o “antes e depois” não é propriamente nenhum juramento! “É raro acabar-se com aquela cor exata. Depende do ponto de onde se parte, do historial do cabelo e da própria base natural. Se os seus cabelos já forem pintados e se não respeitar a cor de base para a qual a tinta em questão é indicada, existe 25% de não ficar como a modelo da caixa!” Pelo contrário, se os seus cabelos forem naturais e se respeitar as regras do “antes e depois”, as probabilidades de obter o resultado prometido já serão maiores.

Optar pelas tintas que estão à venda nas grandes superfícies é uma boa opção se não pretender grandes mudanças. “Isto porque, para as loiras que queiram ficar morenas, ou inversamente, é necessário realizar uma pré-coloração do cabelo, o que não é possível com estes produtos, o que pode resultar em falsos reflexos, que destoariam o aspeto geral, e difíceis de recuperar posteriormente.” Para este tipo de operações, nada mais útil do que dirigir-se ao seu cabeleireiro, o qual saberá exatamente como proceder! Aqui vai um conselho: escolha uma tonalidade que se aproxime da sua cor natural para evitar surpresas inesperadas.

Relativamente às fórmulas, saiba que, de umas marcas para as outras, é ela por ela. “Na maior parte dos casos, estão carregadas de pigmentos, pelo que não há grandes conselhos a dar nesse sentido.” Mas isso não lhe impede de testar o produto antes de o aplicar integralmente no cabelo. “Nesse sentido, experimente aplicar no seu braço uma pequena porção do produto para ver se a sua pele faz ou não reação alérgica.” O mesmo é válido sempre que mudar de produto.

A nossa dica: Se respeitar todos estes conselhos, poderá obter um resultado satisfatório, na condição de saber aplicar o produto e de o deixar atuar durante o tempo recomendado! Por isso, leia atentamente as instruções e não hesite em pedir ajuda a uma colega para garantir um resultado uniforme.

PARTILHAR

Pode também gostar

Esconder os meus primeiros cabelos brancos

Quando aparecem os primeiros cabelos brancos nas raízes da sua...

Ler Mais

Apetece-me um loiro branco, o que devo fazer?

O loiro branco é a nuance mais clara dentro da...

Ler Mais

Que cuidados se deve dar a uma coloração?

A sua coloração requer atenção – a sua, principalmente –...

Ler Mais