0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

Véronique, 33 anos: “Que me venham dizer que os cabelos curtos não são nada femininos!”

O teu look? Sóbrio, chique e casual. Gosto de apresentar um look feminino, à condição de não ser enfadonho nem demasiado snobe! Portanto, aposto em roupas airosas que favoreçam a minha silhueta mas que garantam liberdade de movimento. Admito passar imenso tempo nas cabines de prova, pois sou muito exigente no que toca a cortes e a cores. Aliás, nunca escolho peças que não sejam de cores lisas e discretas. Estampados e cores fluorescentes, só mesmo nos meus adereços.

O teu penteado? Reticente, demorei bastante tempo a decidir cortar o cabelo curtinho. Achava que daria um aspecto muito “maria-rapaz”, nada feminino. Ora, durante algum tempo, fiquei-me pelo comprimento médio ou, quando muito, pela altura dos ombros. Não me atrevia cortar mais do que isso. Até que, um belo dia, deu-se um impulso graças a uma colega de trabalho que tinha acabado de experimentar o corte boyish. Deixei logo de ter qualquer dúvida: não eram, decididamente, aqueles meros centímetros a mais que a faziam mais feminina! Sem mais demora, dirigi-me ao meu salão de cabeleireiro e, algumas tesouradas mais tarde, lá estava eu com uma cabeça nova! Decisão essa de que não me arrependo.

O teu estilo, actualmente? Ao contrário do que se possa pensar, também os cabelos curtos requerem cuidados de manutenção como dão algum trabalho a pentear. O corte inicial é um momento fulcral e determinante. Se não for feito correctamente, o mais certo é o cabelo crescer de forma desgovernada, mais torto do que direito. No que depende de mim, uso produtos adequados aos meus cabelos, evitando assim abafá-los. De resto, passei a ser fã incondicional dos produtos estruturantes, pois permitem criar uma panóplia de estilos, inclusive em cabelos curtos! Hoje, por exemplo, durante a secagem, trabalhei o cabelo directamente com os dedos e usei uma cera estruturante para o selar e fixar.

PARTILHAR

Pode também gostar

O Chanel assimétrico

O corte Chanel é um intemporal incontornável. Este corte curto...

Ler Mais

Destaque para o corte Bob Jean Louis David, versão outono-inverno 2012

Nos salões Jean Louis David, o corte Bob (ou “em bola”,...

Ler Mais

O penteado da semana: o curto ripado

À semelhança do desfile Daks Primavera-Verão 2015 que ocorreu na...

Ler Mais