0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

Proteja os cabelos do sol

O sol faz bem à alma… e aos cabelos, também! Na condição de se expor com parcimónia. O que já não é assim tão benéfico para os cabelos são os abusos e a conjugação mar e areia. Siga os nossos conselhos para passar um verão ao sol de forma não prejudicial.   Deixar que os cabelos apanhem sol não tem nada de errado. Pelo contrário! «Não há nada melhor do que o sol para aclarar naturalmente os cabelos. E, ao contrário do que se possa dizer, apanhar banhos de sol não significa agredir a cabeleira ou deixá-la ressequida.» Só não se deve abusar, sendo conveniente proteger-se em caso de exposição prolongada ou demasiado intensa.   Pode usar um chapéu, um lenço ou um boné para proteger os cabelos, mas também o couro cabeludo. Estes adereços capilares são a primeira proteção contra o sol. «Se os seus cabelos estiverem fragilizados ou se a região onde estiver for bastante solarenga, complemente com produtos solares e capilares. Principalmente se, ao sol, ainda se juntarem banhos no mar e se se espairecer na toalha numa praia com areia até mais não.»   Os protetores solares escolhem-se em função da natureza dos cabelos e do estado destes. Resumindo e concluindo: em função das suas necessidades. «Se possuir cabelos finos, é preferível optar por loções ou sprays solares de textura ligeira. Se forem espessos, é possível usar um creme anti U.V. Poderá pesar os cabelos finos, mas confere um efeito wet look, o que é ótimo para as cabeleiras espessas.» A vantagem dos cremes é o facto de serem bastante nutritivos, na sua grande maioria, daí que não há necessidade de repetir a aplicação com muita frequência. «Em todo o caso, aplique uniformemente o produto na cabeleira.»   A nossa dica: Se, para além do sol, os seus cabelos também beneficiaram (talvez demasiado) do mar e da areia, terá de pensar em cuidar dos mesmos depois da exposição. «Após um dia de praia, é imperativo passar os cabelos por água límpida, mas igualmente lavá-los, usando um champô e produtos de cuidado capilar.» Este hábito permite eliminar não só os excessos nos cabelos como no couro cabeludo, até porque, ao fim e ao cabo, é este quem mais sofre as consequências. «Os champôs e as máscaras devem ser escolhidos em função da natureza do seu cabelo.»   © DR © Jean Louis David

PARTILHAR

Pode também gostar

Franja vs. oleosidade: tire as suas dúvidas

Independentemente de a sua franja ser curta, enroladinha ou comprida, constitui,...

Ler Mais

Cuide dos seus cabelos encaracolados

Controlar cabelos encaracolados com uma simples penteadela não é tarefa...

Ler Mais

Cabelos asiáticos versus cuidados

Os cabelos asiáticos são, muitas das vezes, alvo de cobiça:...

Ler Mais