0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

Pontas espigadas: ideias pré-concebidas persistentes

Dicas para cabelos secos e danificados: acha que sabe tudo sobre as pontas espigadas, mas existem algumas ideias pré-concebidas que teimam em aparecer. Olhamos mais de perto para elas.

1. As pontas espigadas podem ser reparadas com tratamentos

Esta é sem dúvida a ideia pré-concebida mais comum, e ainda assim é incorreta. Ter pontas espigadas é algo irreversível, pois são as pontas do seu cabelo que, quando seco e quebradiço, se dividem em dois. Assim que acontecem, torna-se impossível reparar a fibra do cabelo. A única solução para se livrar delas? Tendo um profissional a cortar-lhe as pontas espigadas do cabelo (e não usando uma mazela caseira, que poderá piorar o problema).

Dica anti-cabelo espigado. Trate seus cabelos com produtos enriquecidos com queratina para evitar que as pontas espigadas se formem.

2. Cortar as pontas espigadas faz o seu cabelo crescer mais rápido

Cortar as pontas espigadas faz seu cabelo ter melhor aspeto, mas não influencia o seu crescimento. Independente de manter as suas pontas espigadas ou de as cortar num salão, o seu cabelo irá crescer sempre ao mesmo ritmo, visto que o crescimento está relacionado com o couro cabeludo e não com as pontas do cabelo. Ao eliminar o cabelo danificado, ele ficará com um aspecto mais saudável, mas continuará a crescer de igual forma.

3. “Eu uso muitos tratamentos, por isso nunca vou ter pontas espigadas”

Isso é verdade para cabelos curtos, mas falso se você tiver cabelos compridos! Isto deve-se ao facto de quanto mais longo for o seu cabelo, mais velhas serão as suas pontas, visto que o cabelo cresce a partir do couro cabeludo. Se tiver cabelo muito longo, as suas pontas podem ter 3 a 5 anos. Apesar de os tratamentos serem eficazes, não irão prevenir o envelhecimento natural do cabelo nem o desgaste causado pela fricção do cabelo com a roupa ou outros elementos, fazendo assim com que as pontas fiquem espigadas. Com um pouco de sorte, se cuidar bem dos seus cabelos, só precisará cortá-los por um centímetro para impedir que as pontas espigadas se espalhem para o resto do cabelo.

PARTILHAR

Pode também gostar

Cabelos frisados: que cuidados capilares privilegiar para os sublimar?

As mulheres cujos cabelos tendem naturalmente a frisar costumam queixar-se...

Ler Mais

Raios UV: porque são prejudiciais para o meu cabelo?

Por vezes torna-se difícil de saber exatamente qual o efeito...

Ler Mais

Que penteados de praia são adequados para cabelos encaracolados?

O cabelo encaracolado e rebelde muitas vezes tem uma mente...

Ler Mais