0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

O shag, a alternativa ao corte Chamirro?

Os penteados típicos dos anos 80 regressam em grande. Depois do corte com cachos volumosos ou do brushing da década de 80, é a vez de o Chamirro se apoderar das cabeleiras. Só lhe vem à mente aquela imagem dos jogadores de futebol daquela época? Esqueça-a. O Chamirro edição 2014 já em nada se compara com o dessa época, e ganhou um novo nome. Hoje, é o shag que se vai ter de adotar.

A tendência. As modas, inclusive as capilares, são cíclicas. Só de pensar que se costumava rir das fotografias do seu pai, ele que usava o corte Chamirro no ano em que nasceu a filhota, hoje, dá por si a adotá-lo para estar no auge das tendências. Felizmente, o shag não é idêntico ao Chamirro daquela época. As saudosistas dos anos 80 poderão adotá-lo, bastando, para o efeito, deixar crescer os cabelos até aos ombros sem os escalar de forma extrema, como acontece com o Chamirro.

A quem se destina? Àquelas que queiram estar na vanguarda das tendências ao adotarem os penteados mais em voga. Ou às mulheres que aguardavam pelo regresso deste penteado para o readotar. Finalmente revisitado pelas fashionistas, doravante, este corte de cabelo usa-se muitíssimo bem sem dar a impressão de ter parado no tempo, algures em 1982. Evite, ainda assim, adotá-lo se os seus cabelos forem particularmente finos. Para se adaptarem ao shag, os seus cabelos terão de ser bastante escalados, até porque não vai querer que falte esteticismo ao seu penteado.

Como adotá-lo? Antes de passar de uma cabeleira comprida para um shag, proceda em várias etapas. Porque não estrear-se com um corte Chanel, que está no coração da moda nesta estação? Se este penteado for do seu agrado e se continuar tentada pela ideia dos cabelos curtos, dê um salto ao salão de cabeleireiro e peça para lhe fazerem um shag. Deixe bem claro que a versão moderna do Chamirro não remete, de forma alguma, para o efeito “cauda de rato” atualizado aos dias de hoje na parte de trás da sua cabeleira! Aquilo que se pretende é uma cabeleira semilonga, cujo escalado é desestruturado e que corresponda na perfeição ao seu espírito glam’rock!

© Pixelformula / Desfile Burberry Prorsum pronto-a-vestir, primavera-verão 2014 © Jean Louis David

PARTILHAR

Pode também gostar

Estilo Urbano: o corte boyish curtíssimo

O seu penteado? Rendeu-se a um corte de cabelo curto que realça as...

Ler Mais

Cortes de cabelo curtos: confinados aos cabelos lisos?

Sonha ter um corte de cabelo curto em cabelos ondulados, encaracolados ou frisados…...

Ler Mais

Como pentear cabelos curtos e encaracolados?

Os cabelos curtos têm-se democratizado a olhos vistos, nestes últimos...

Ler Mais