0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

Diga basta às pontas espigadas

À medida que o seu cabelo vai crescendo, as pontas espigadas acabam por espreitar, o que não é propriamente muito atraente… Para prevenir o aparecimento destas e evitar o pior, adopte, desde já, as recomendações dos profissionais.  
 
A carência de queratina está na origem da ponta espigada. E são várias as razões. “Antes de mais, se o seu cabelo for submetido em demasia a agressões mecânicas, isto é, se costumar usar um alisador de cabelo sem aplicar previamente um produto com protecção térmica ou se usar o secador a uma temperatura demasiado alta ou ainda muito próximo da fibra durante o brushing.” Outras causas: a fricção do cabelo no travesseiro durante o sono ou, no caso dos cabelos compridos, a fricção com a roupa. Ora, acaba por desgastar, desidratar, separando-se portanto em dois ao nível das pontas.
 
A solução mais eficaz e mais rápida para eliminar as pontas espigadas é claramente a famosa tesourada do seu cabeleireiro! “Uma vez espigadas, não há grande coisa a fazer, a menos que apare as pontas estragadas. Esta acção permite evitar que o espigado alastre.” Por isso, evite guardar-se para a última da hora para agendar uma ida ao cabeleireiro, pois se a ponta estiver demasiado danificada, o mesmo terá de cortar uns bons 3 ou 4 centímetros. “Esteja, por isso, sempre de olho nas suas pontas a fim de analisar o estado das mesmas! Reaja assim que as vir separarem-se em dois, à semelhança de uma ramificação.” Saiba que os cabelos finos e os cabelos compridos não são excepção relativamente aos outros.
 
Posto isto, é importante cortá-los com frequência e tê-los sempre devidamente cuidados, de modo a retardar o processo de formação do espigado. “Trate da sua cabeleira com produtos adequados à tipologia do seu cabelo e insista nomeadamente no comprimento (à excepção das raízes) e nas pontas. Redobre os cuidados se os seus cabelos forem compridos! Hidrate-os, nesse caso, ao máximo, evitando o enfraquecimento dos mesmos.” Se tiver tendência a ter os cabelos oleosos, lá por o sebo não alastrar das raízes até às pontas, não significa que as suas pontas não corram o risco de ficarem secas. Por isso, nada de as negligenciar.
 
A nossa dica: Se é daquelas que não abdica dos alisadores e dos brushings nem por nada, use imperativamente um spray alisador que ofereça protecção térmica. Irá proteger os seus cabelos do calor do alisador e do secador, evitando assim que as pontas desidratem.
 
© DR © Jean Louis David

PARTILHAR

Pode também gostar

Óleos capilares: o porquê de usá-los?

Para os cabelos, existem dois tipos de produtos: os que...

Ler Mais

Diga basta às pontas espigadas

À medida que o seu cabelo vai crescendo, as pontas...

Ler Mais

Coloração de sobrancelhas: prós e contras

A tendência está na coloração das sobrancelhas. Bleached, escurecidas, garridas…...

Ler Mais