0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
0
0 Items Selecetd
No products in the cart.
Fechar
Voltar

JLD’MAG

Corte Chanel: os aspetos a ter em conta antes de se aventurar

Intemporal, o corte Chanel tem sempre um sucesso incrível. Seja ele assimétrico, curto ou semilongo, este corte adapta-se a todos os tipos de cabelo. Que aspetos deve ter em conta para garantir que a sua escolha é a mais acertada para o seu caso? O nosso especialista dá-lhe umas dicas.   Antes de ir ao cabeleireiro, faça uma pequena introspeção para esclarecer alguns pontos. «Primeiríssimo ponto a esclarecer: estarei ou não disposta a arranjar o meu cabelo todos os dias? Caso tenha respondido negativamente e seos seus cabelos forem volumosos, então, talvez não seja boa ideia. Efetivamente, este é daqueles cortes que requerem manutenção diária se os cabelos não forem maleáveis e lisos. Ora, no caso das mulheres que tenham cabelos encaracolados, o mais certo é acabarem com uma enorme massa à volta da cabeça, que irão detestar, e não é esse o objetivo».   Quanto às mulheres de cabelos lisos e maleáveis – essas, sim – poderão adotar o corte Chanel sem hesitar. «Com efeito, as mulheres que tenham este tipo de cabelo poderão penteá-lo como bem entenderem. Poderão diversificar os penteados no quotidiano e passar de um Chanel usado ao natural para uma versão mais rebuscada».   Há mulheres a quem agrada a ideia de poderem usar o cabelo preso apesar de terem um corte Chanel. «Nesse caso, convém que o cabeleireiro não corte o cabelo acima do queixo. Se os seus cabelos forem cortados mais curtos do que o nível do baixo da cabeça, será impossível prendê-los. Se precisar de os prender no seu dia-a-dia, terá de evitar o Chanel muito curtinho».   A nossa dica: Vá ao encontro do seu cabeleireiro e aconselhe-se ao máximo com ele sobre que versão do Chanel deverá optar. Desde que perfeitamente executado de raiz, verá que o seu novo corte de cabelo não lhe irá dar mais trabalho do que uns cabelos compridos.   © Pixelformula, desfile Rodarte pronto-a-vestir, outono-inverno 2013-2014 © Jean Louis David

PARTILHAR

Pode também gostar

O corte Chanel com risca ao meio: opinião de profissional

Esta versão do Chanel dá um toque regressivo ao seu...

Ler Mais

Corte Chanel: os aspetos a ter em conta antes de se aventurar

Intemporal, o corte Chanel tem sempre um sucesso incrível. Seja ele...

Ler Mais

O Chanel assimétrico

O corte Chanel é um intemporal incontornável. Este corte curto...

Ler Mais